Loading...

quarta-feira, 7 de março de 2012

Prominp abre inscrições para cursos de qualificação para o mercado de trabalho

Petrobras e municípios da Bacia de Campos firmam parceria para divulgar o programa

Quem quer se qualificar para o mercado de trabalho, não pode perder a chance de fazer um dos cursos do Prominp (Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural). São mais de 11 mil vagas espalhadas em 14 estados. O Programa, realizado pela Petrobras, tem como um dos principais objetivos atender a demanda futura por mão de obra da indústria nacional de petróleo e gás.

As inscrições para o processo de seleção pública já começaram e os candidatos têm até o dia 12 de abril para efetuá-la. Os cursos são gratuitos e estão subdivididos em categorias profissionais de níveis básico, médio, técnico e superior. Para os cursos de nível básico, a inscrição custará R$ 25,00. Nos níveis médio e técnico, R$ 42,00. Já para as categorias de nível superior, o valor é de R$ 63,00.

Para concorrer a uma das vagas oferecidas, o candidato deve ter idade igual ou superior a 18 anos, além de preencher os pré-requisitos do curso desejado. As inscrições podem ser feitas no site do Prominp (http://www.prominp.com.br/), ou nos postos de inscrição credenciados. O processo será executado pela Fundação Cesgranrio.

Existe a possibilidade de isenção da taxa de inscrição para candidatos portadores do Número de Identificação Social - NIS que declararem não possuir recursos financeiros para pagamento do valor. Para fazer jus à isenção da taxa de inscrição, os candidatos devem atender às condições listadas no edital e encaminhar a solicitação, até 18 de março, pelo site do Prominp.

Os candidatos aprovados que estiverem desempregados durante o curso receberão uma bolsa-auxílio mensal no valor de R$ 300,00 (cursos de nível básico) e R$ 600,00 (níveis médio e técnico).

As 11.671 vagas, em 14 estados, estão assim distribuídas: 7.335 para cursos gratuitos de nível básico; 3.706 para os de nível médio e técnico; e 630 para as categorias de nível superior. Em categorias específicas dos níveis médio e superior, há oferta de vagas para pessoas com deficiência (63).

Embora a participação nos cursos não garanta emprego aos alunos, esta é uma grande oportunidade para que milhares de pessoas se qualifiquem e estejam aptas para ingressar no competitivo mercado de trabalho.

Petrobras e municípios da Bacia de Campos firmam parceria para o Prominp



Secretários e representantes de 17 municípios da área de abrangência da Bacia de Campos, entre eles Araruama, Armação de Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Casimiro de Abreu, Campos, Conceição de Macabu, Carapebus, Macaé, Maricá, São Pedro da Aldeia, São João da Barra, São Francisco do Itabapoana, Saquarema, Iguaba Grande, Rio das Ostras e Quissamã, se reuniram nesta terça-feira (06/03) com a coordenação regional do Prominp (Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural) para alinhar as ações de divulgação do atual ciclo do programa, que a partir desta quarta-feira (07/03) inicia inscrições para o processo de seleção pública, com o objetivo de atender a demanda futura por mão de obra da indústria nacional de petróleo e gás. Para a região, serão oferecidas 960 vagas para 26 cursos gratuitos em categorias profissionais de níveis básico, médio e técnico.

Representando o gerente geral da Unidade de Operações de Exploração e Produção da Bacia de Campos (UO-BC), Joelson Falcão Mendes, o gerente de Contratação de Bens e Serviços da UO-BC, Reinaldo Costa Silva, disse que a parceria com os municípios é importante para garantir o melhor aproveitamento do programa pelos munícipes da região. “Queremos que essas pessoas contribuam com o mercado e sejam parte do processo de desenvolvimento. Temos demanda por profissionais e essa é uma boa oportunidade para a qualificação em áreas que são gargalos do setor”.

Durante o encontro, os participantes tiraram dúvidas sobre o processo seletivo, trocaram lições aprendidas em ciclos anteriores do Prominp e definiram ações a serem desenvolvidas em cada localidade. “Estamos convocando as prefeituras e entidades interessadas para que elas contribuam com a retenção de candidatos da região, seja desenvolvendo atividades preparatórias os processos de seleção do programa ou mesmo estimulando a adesão em seus municípios”, disse Eliete Rosado, coordenadora regional do programa.







Nenhum comentário:

Postar um comentário