Loading...

quarta-feira, 30 de março de 2011

Guapimirim é mais um município no entorno do Comperj a receber Agenda 21

Primeira meta da Agenda naquela cidade é garantir a educação ambiental para toda a população. "Mas, para isso, precisamos da contribuição de todos", diz secretário de meio ambiente.

A Petrobras lançou na terça-feira (29/03) a Agenda 21 do município de Guapimirim (RJ). O fomento à implantação da Agenda 21 na região fluminense é uma iniciativa de responsabilidade socioambiental da Petrobras, em parceria com o Ministério do Meio Ambiente e a Secretaria de Estado do Ambiente do Rio de Janeiro, que formam o Grupo Gestor do projeto. É parte do Programa de Relacionamento que a empresa promove na região do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), que engloba os municípios de Cachoeiras de Macacu, Casimiro de Abreu, Teresópolis, Itaboraí, Magé, Maricá, Niterói, Nova Friburgo, Rio Bonito, Rio de Janeiro, São Gonçalo, Saquarema, Silva Jardim, Tanguá, além de Guapimirim.

A implementação de Agendas 21 Locais, cuja estruturação foi iniciada em 2007, colabora para estruturar modelos sustentáveis de desenvolvimento nas localidades envolvidas. Entre os participantes dos fóruns de Agenda 21 estão o 1º Setor (Prefeituras, Poderes Legislativo e Judiciário, órgãos e empresas públicas), 2º Setor (empresas de capital privado, associações e federações do setor produtivo), 3º Setor (ONGs, sindicatos, associações de classe, clubes, fundações) e comunidade.

O documento da Agenda 21, distribuído a todos os presentes no evento, engloba 16 temas pertinentes aos municípios, como meio ambiente, saneamento, habitação, transporte, segurança, educação, saúde e cultura.

“O real significado da Agenda 21 é a participação da sociedade no contexto social e político. Um verdadeiro exercício de cidadania”, destacou Ricardo Frosini, representante da Petrobras e coordenador da implantação das Agendas 21 Locais.

O secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Eliel Ramos Silva, reforça a importância da participação popular para o sucesso do projeto. “A Agenda 21 local de Guapimirim está em fase de implantação. A primeira meta da Agenda de nossa cidade é garantir a educação ambiental para toda a população. Mas, para tal, precisamos da ajuda e contribuição de todos”, disse o secretário Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Eliel Ramos Silva.

Até julho deste ano, Cachoeiras de Macacu, Itaboraí, Magé, Maricá, Niterói, Nova Friburgo, Rio Bonito, Saquarema e Silva Jardim terão suas Agendas 21 Locais lançadas. O lançamento da primeira Agenda, a de Teresópolis, ocorreu em dezembro do ano passado.

Fonte: Petrobras/Relacionamento - Comunicação


Nenhum comentário:

Postar um comentário